Professores Colaboradores

Ana Figueiredo

Ana Figueiredo nasceu em Coimbra, Portugal, onde estudou até aos 17 anos. Começou a dançar Ballet com 5 anos, na Academia de Bailado de Coimbra, onde frequentou o ensino da Royal Academy of Dance até ao nível “Intermediate”. Ainda na sua infância, Ana praticou piano e violino e, aos 14 anos, começou a cantar com o coro D. Pedro de Cristo, com quem continua até hoje. Aos 18 anos foi estudar para a Escola Superior de Dança de Lisboa, onde se licenciou em “Criação e Interpretação de Dança”. Ao longo do tempo passado em Lisboa, participou como bailarina em algumas apresentações com a empresa de produção Actin. Trabalhou com algumas bandas portuguesas, como a banda Anaquim, onde apresentou pequenas coreografias da sua autoria. Com 23 anos voltou a Coimbra, onde atualmente leciona aulas de dança Clássica e Contemporânea. Em 2012 apresentou em público o seu primeiro trabalho totalmente produzido por si, intitulado “Isabel”, um tributo a Coimbra e à sua Padroeira. Em 2013 criou o seu próprio Estúdio de Dança, “Flic-Flac”, bem como uma Companhia de Dança com o mesmo nome. Desde aí então tem apresentado vários trabalhos, como “Sons de lá por cá”, em parceria com a Associação Cultural Sítio de Sons, e “Isabel, Rainha”, em parceria com o Coro D. Pedro de Cristo, bem assim como outros trabalhos a solo.

Neste momento é a coreógrafa principal da companhia Flic-Flac, e tem já como reportório espetáculos da sua criação, como “Unidá” (espetáculo de dança inclusiva) e “No fim do arco-íris” (uma história de sonhos e luta).

Inês Cardoso

Nascida a 10 de Abril de 1995 em Coimbra,começou a dançar com 5 anos na Escola de Dança de Coimbra, onde aprendeu ballet durante 3 anos.

Aos 7 iniciou seu percurso como ginasta, (embora sempre mostrando grande gosto pela parte artística e coreográfica) no Centro Norton de Matos onde praticou ginástica rítmica até aos 14 anos, tendo mesmo chegado a ingressar na seleção nacional. Durante este período associou na Escola EB 2,3 Martim de Freitas aulas de dança Jazz. Frequentou estas aulas até completar os 15 anos, ano no qual começou a praticar ginástica acrobática na Associação Académica de Coimbra. Durante alguns meses praticou também aulas de dança contemporânea, hip-hop e dança do ventre.

Em Fevereiro de 2014, ingressou definitivamente no percurso da dança quando começou a frequentar as aulas de dança clássica, contemporânea e Companhia na Escola Estúdio de Dança Flic-Flac.

No ano letivo 2014/2015 começou a frequentar mais aulas na Flic-Flac tendo juntado então, ao anterior clássico e contemporâneo, o jazz, hip-hop, danças de salão e danças latinas. Também neste ano lecionou aulas de dança criativa a crianças entre os 6 e 8 anos.

No verão de 2015 frequentou durante duas semanas o Dance Master Class, em Sevilha, onde aulas lecionadas por vários professores internacionais lhe permitiram redescobrir o seu gosto por dança Jazz, para além de aprofundar os seus anteriores conhecimentos em ballet e contemporâneo.Em Setembro do mesmo ano, ingressou na Escola Superior de Dança onde se encontra a estudar dança.

Completou em Agosto de 2016 a segunda comparência (de uma semana) no Dance Master Class, em Sevilha, no sentido de aprofundar os seus conhecimentos em Jazz.

Iniciará no final de Setembro de 2017 o seu terceiro ano na Licenciatura em Dança na Escola Superior de Dança, e simultaneamente propõem se a lecionar uma turma de jazz kids na Flic-Flac, e uma aula de contemporâneo e barra de chão no Centro Norton de Matos.

Joana nobre

Joana Nobre nasceu em Lisboa, Portugal, onde estudou até aos 23 anos, licenciando-se em Publicidade e Marketing. Desde pequena que sempre praticou ginástica, natação e dança, tendo passado pelo ballet, dança jazz e hip-hop. Aos 16 anos, faz a sua primeira formação em Teatro, com a companhia Os Sátyros, em Lisboa (o director d’Os Sátyros é o fundador e atual diretor da SP Escola de Teatro de São Paulo, Brasil). Enquanto formanda nesta companhia, sobe ao palco com uma adaptação de “Esta Noite Improvisa-se”, de Luigi Pirandello.

Um ano após terminar a licenciatura ruma a Inglaterra, onde trabalha ao mesmo tempo que consolida a sua preparação em Teatro, fazendo eventualmente o Exame Nacional da Royal Academy of Dramatic Art e conseguindo o Acting Grade 8 (equivalente ao 12º ano técnico-

-profissional em Interpretação). Após 2 anos no Reino Unido, regressa a Portugal e dedica-se sobretudo ao aprofundamento do seu caminho espiritual.

Muda-se para Coimbra em 2012, onde ingressa nas aulas de dança de Ana Figueiredo, na sua escola Flic-Flac, enquanto redescobre a paixão pelo Teatro e a existência da Licenciatura em Teatro e Educação pela Escola Superior de Educação de Coimbra, que completou em Julho em 2017. No âmbito deste curso, interpretou e dirigiu papéis de dramaturgos como Shakespeare, Sófocles, Thomas Bernhard, Bertolt Brecht, Brian Friel, entre outros.

Neste momento encontra-se em fase de recolha de testemunhos e criação de vários textos dramáticos, visto que a área da escrita dramática recebe grande parte do seu foco criativo.

Rui Alves

Rui Mário Rodrigues Borges Sá Alves, natural de Santa Maria da Feira, é bailarino de danças urbanas há mais de uma década, tendo começado a lecionar hip-hop há 5 anos. Estudante em Design e Multimédia, sempre se dedicou à dança como atividade extracurricular até ao 12º ano, altura em que decidiu ser professor, tendo feito várias participações em eventos nacionais e em workshops de danças urbanas. Iniciou o seu percurso na dança Jazz e dedicou-se posteriormente às danças urbanas, trabalhando com nomes como Vítor Fontes, Patrícia Pires, Ana Figueiredo, Ana Valente, Mariana Guimarães em escolas como All About Dance, Flic-Flac, Ginásio FreeMovement, Criasonhos e Voltado a Poente.